I

CAMINHONEIRO VELOZ

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

Até a década de 1950 ficou muito conhecido em Itiúba um caminhoneiro com o apelido de “Gaião” que passava pela cidade toda semana com seu caminhão equipado com 24 buzinas intercaladas que eram tocadas em um improvisado e rústico teclado de botões, executando pequenos trechos das músicas do Rei do Baião Luiz Gonzaga, principalmente a popular “Asa Branca”.

Outra curiosidade era que o moço foi considerado o caminhoneiro mais rápido da região, pois só andava a mais de cem quilômetros por hora, uma temeridade, considerando que nem as estradas e muito menos os antigos caminhões da época ofereciam segurança para isso. Ainda assim, eu soube que morreu de velho.

 



 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com