I

PERIGO À VISTA

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

     

 

 

Em Itiúba o riacho que corre do Açude do Coité até o Açude do Jenipapo, pelo centro da cidade, está seco desde a década de 1970 devido a escassez de chuvas mais fortes na região.

Isto, contudo, não quer dizer que ele nunca mais volte a encher. Bastam as chuvas fortes de trovoadas voltarem que ele mostrará que não está morto.

Porém, infelizmente, parece que ninguém na cidade nem mesmos as autoridades, estão acreditando nesta hipótese pois, o que se vê, são muitas construções de casas sobre o seu leito seco formando ruas e clubes, a exemplo da Associação dos Funcionários o Banco do Brasil. Ou os conterrâneos estão pensando que jamais choverá forte na cidade, ou estão confiando demais naquela velha história que São Pedro já está mesmo caducando, e aí é que está o perigo. Se ele  abrir um torneira errada, a coisa vai se complicar na cidade. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com