I

FOLHINHAS DO DIA A DIA

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

     

 

Em Itiúba até a década de 1960, todas as casas, escritórios e repartições públicas, mantinham uma Folhinha  (calendário), afixada em um cômodo da residência para marcar e verificar os dias da semana, meses e ano, cujos exemplares eram distribuídos gratuitamente pelas indústrias e o comércio,  com a propaganda de seus produtos.

 

Diferentes das folhinhas atuais que, por economia,  trazem apenas  um encarte mostrando  apenas os 12 meses do ano, as antigas traziam um pacote com 365 e para os anos bissextos com  366 encartes  para serem retirados um a  um, diariamente, durante todo o ano, acompanhando a passagem do tempo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com