I

LOBISOMEM EM ITIÚBA

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

  

 

Em seu recente conto para o Site, o colaborador nosso amigo e conterrâneo Max Brandão, falou do lobisomem do Bairro do Alto que, em luta corporal com o Malaquias, teve sua identidade descoberta.

 Em um conto anterior (Noites de Lobisomens), eu também falei sobre um suposto lobisomem que aterrorizava os namorados na antiga rua da baixa onde hoje funciona a feira-livre porém, mesmo com a ajuda da policia, ninguém conseguiu descobrir sua identidade.

 E, como parece que outrora a velha cidade era chegada ao "feroz peludo", principalmente á meia-noite das sextas feiras, há outra história contada pelo Bertinho dizendo que também na rua da estação andou aparecendo um lobisomem que se escondia no interior de um bueiro da estrada de ferro próximo a Escola Góes Calmon e que, graças a coragem de alguns jovens itiubenses, descobriu-se também sua identidade, pois tratava-se de um conhecido enfermeiro  da cidade.

 Como se vê, as noites escuras da velha e querida Itiúba eram bem movimentadas!

 

 

 

                                                                                                    

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com