I

A CIDADE SEM MEMÓRIA

Hugo Pinto de Carvalho

 


 

 

                                                    

                                       

 

Como disse o famoso escritor francês, Victor Hugo em de uma suas célebres frases, “O progresso roda constantemente sobre duas engrenagens: faz uma coisa esmagando outra”.

E tem toda razão do mundo, o criador de “O Corcunda de Notre Dame”, pois é exatamente o que estamos vendo acontecer na nossa velha e querida Itiúba, quando construções marcantes da cidade estão sendo impiedosamente destruídas em nome do progresso.

Desta vez é a lamentável derrubada do imponente prédio conhecido como Sobrado do Coronel Belarmino Pinto que seus herdeiros preferiram vendê-lo , em vez de conservá-lo, e seu novo proprietário já começou a demolir.

É triste,  porque a cidade está perdendo sua memória, quando isto poderia ter sido evitado. Bastava o empenho de autoridades municipais e a cooperação dos herdeiros.

Repito, é triste, e agora que nada mais pode ser feito, só resta lamentar e ser obrigado a concordar com o pensamento do velho e sábio escritor  .

 

                                                              

 

 

 

 

 

 

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com