I

OS 86 ANOS DO MAESTRO EVILÁSIO MENDES

Eguinaldo Paixão


 

 

O músico filarmônico mais velho de Itiúba, Maestro EVILÁSIO MENDES, hoje está completando 86 anos de idade, e, pelo menos, 60 foram dedicados à música de filarmônica, não esquecendo, também, que cuidou da BOLACHINHA, apelido dado ao conjunto carnavalesco especializado em marchinhas, frevos e sambas.

Fui seu aluno, aos nove anos de idade e comecei tocando trompa. 

Foi, aquele, um período particularmente difícil, porque EVILÁSIO chamou para si a responsabilidade  de reger a SOCIEDADE FILARMÔNICA UNIÃO 2 DE JULHO, quando esta estava quase caída, como caiu depois, para não se erguer mais. 

Lembro-me bem, que o mês era setembro e a banda tinha que tocar no dia 08 de dezembro, como realmente tocou. 

Ensaios intermináveis. Luz de candeeiro. Treinamentos de marcha, após o ensaio. Quando voltávamos da Calçada de Pedra, (área rural, fim do mundo!)
a madrugada já ia alta.

E a banda improvisada de EVILÁSIO, tocou no dia 08 de dezembro, à despeito de um recado desaforado mandado pelo também Maestro Bugué: "quero ver aquela Bolachinha sair no dia 08". 

Esse apelido, de Bolachinha, que feriu o ego do Maestro Evilásio e de seus músicos, inclusive o meu, foi incorporado, depois, ao conjunto carnavalesco formado pelos músicos da filarmônica. 

E a  2 de julho, que, como outras de outros lugares, era, também apelidada de FURIOSA, após essa tocata cerrou suas portas definitivamente.

E foi aí que entrou a força, a vontade, a garra de EVILÁSIO. 

A 2 de julho acabou, mas a BANDA DE MÚSICA DO EVILÁSIO continuou. Muita coisa custeada por ele próprio. A sede era a casa dele .  alunos, era ele quem os preparava sozinho. 

E o Mestre seguia, ora apoiado pelo grupo político que tinha vencido as eleições para prefeito de Itiúba, ora não apoiado. Mesmo a facção que o apoiava, não se podia falar em apoio total, não. 
O Mestre continuava batalhando quase só, brigando por seus músicos, fazendo ensaios em sua casa, gastando dinheiro do seu próprio bolso. 

Maestro EVILÁSIO MENDES, continuou nessa luta incessante pela cultura musical de Itiúba até quando a sua saúde permitiu.

A FILARMÔNICA 4 DE JANEIRO, hoje tocou para o Maestro EVILÁSIO, e, muito mais do que isso, os músicos, após a apresentação, (apesar do Mestre estar acamado) adentraram-lhe a residência e foram lhe abraçar, felicitando-o pelo aniversário, fazendo-lhe, aliás, uma homenagem justa e muito mais do que merecida!...


 

 

 

                                                              

 

 

 

 

 

 

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com