Para os que não sabem,
BOLACHINHA é uma orquestra carnavalesca
de Itiúba, formada por metais, voz e percussão.

Nos carnavais de mil novecentos e antigamente,
antes da criação do trio elétrico, os carnavais eram animados
por esse tipo de banda, cujos músicos
eram da filarmônica local ou vinham de cidades próximas.

Foi um tempo, em que os músicos para fazerem o carnaval,
tinham que ter resistência e embocadura.

Em Itiúba, por exemplo, desde o Zé Pereira, uma espécie
de arrastão que se fazia no sábado de carnaval,
os demais dias, eram animados pela BOLACHINHA.

Tocávamos na manhã de domingo, no espontâneo carnaval
criativo da cidade, onde as pessoas saíam livremente pelas ruas
mascaradas ou de cara limpa, com seus lança-perfumes,
talco, serpentinas, entrando de casa em casa, dos que amavam
a folia e abriam suas portas.

E tocávamos à tarde, no carnaval organizado pela prefeitura
ou pelo próprio Clube 2 de Julho. Como existia, também, por aqui,
o Clube dos Ferroviários, alguns músicos tocavam por lá. Hélio
Simões, uma vez fez um carnaval sozinho com seu saxofone
no Clube dos Ferroviários!!

E coroávamos o dia de carnaval, tocando à noite no Clube 2
de Julho, das 22:00hs às 05:00hs. HAJA RESISTÊNCIA!... Só
a BOLACHINHA! SÓ ELA, EXCLUSIVAMENTE!... DESDE O ZÉ
PEREIRA ATÉ QUARTA-FEIRA DE CINZAS.

FIZEMOS QUESTÃO DE PRESERVAR
AS CARACTERÍSTICAS INICIAIS DA BOLACHINHA. A MESMA
FORMAÇÃO, O MESMO NOME QUE SE FORMOU
PELA VONTADE DO POVO!

O CARNAVAL mudou em todo o país, nesses últimos trinta anos.
Hoje, nele ouve-se uma diversidade de rítmos: axé, pagode, sertanejo
e até brega... nas grandes cidades,porém, ele atravessa os tempos, sem
tanta contaminação, mas, só em determinados circúitos, históricos ou culturais.

E AQUI EM ITIÚBA?

A BOLACHINHA ainda tem seu espaço.
Agora em 2015, puxamos, sexta-feira, o bloco das DERRUBADAS e ontem tocamos para o bloco FOLIA II, no Clube 2 de Julho.
E fizemos só a abertura ontem, do Carnaval oficial.

Não faz muito tempo, tocamos sexta, sábado,
domingo e terça.

Como esta festa, foi de última hora,
em razão da crise por que vem passando o Brasil,
o Carnaval oficial de Itiúba, esse ano encurtou um pouco,
e, talvez, por isso, ficamos fora hoje e amanhã.

Mas, o mais importante é que a BOLACHINHA
é histórica, cultural e nascida no seio do povo itiubense.

E mais: ELA CONTINUA AMADA POR MUITA GENTE!

E, para tanto, não é preciso chamar-se COOKIES.
É BOLACHINHA MESMO, QUASE DE GRAÇA,
PARA QUEM QUISER...