O PRIMEIRO RÁDIO DE ITIÚBA

Humberto Pinto de Carvalho

Em plena Segunda Guerra Mundial, precisamente em 1942, chegou a Itiúba o primeiro RÁDIO RECEPTOR movido à bateria e instalado na residência do senhor Manoel Pinto Primo, um inegável empreendedor, não só como proprietário do grupo-gerador de energia elétrica da cidade, do Cine-Teatro Ideal, fábricas de bebidas, vinagre, fósforo, charutos, sabão, perfumes e outros produtos, que ocupava todo quarteirão entre as Ruas Monte Santo e Coronel João Antônio. Esse negociante pensava como poucos no progresso do recém instalado município de Itiúba em 1935. Um visionário, com os pés no chão. E como novidade trouxe o Rádio em ondas curtas para a nossa cidade, com certeza o que tinha de melhor na época. Mexeu com o marasmo de então. Como acreditar numa caixa falante? Algumas pessoas duvidavam daquilo. Outras afirmavam que por trás do móvel existia alguém falando ao vivo. Acredito que o assunto merece maiores pesquisas. O que sei é que em 1863 na Inglaterra o cientista James Clerch Maxwell demonstrou teoricamente a provável existência das ondas eletromagnéticas. Em 1900 é feita a primeira gravação de rádio. O brasileiro Landell de Moura, hoje esquecido foi o primeiro a fazer de fato uma transmissão digna deste nome. Em 1915 surgem as transmissões internacionais na Alemanha. Em 1920 na França aparece o rádio de válvulas com pilhas. Em 1922 em quase todo mundo são instaladas as estações de rádio com programações. Neste mesmo ano o então Presidente da República Epitácio Pessoa discursa nas comemorações do Centenário da Independência do Brasil através do rádio e marca o início da utilização oficial do novo meio de comunicação de massa. Em 1923 é fundada a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, a pioneira. Em 1926 surge a Rádio Mayrink Veiga, também no Rio de Janeiro. O Vaticano entra no ar em 1929. Em 1935 temos a Rádio Jornal do Brasil e em 1936 é a vez da Rádio Nacional. Em 1938 é criado o programa oficial do Governo Federal denominado HORA DO BRASIL. Em 1941 o noticioso REPORTE ESSO e a primeira novela a ser transmitida pelo rádio fazem sucesso. Em 1954 chega ao mercado o resultado do produto que podemos classificar como a maior invenção nesta área: o rádio transmissor e receptor transistorizado.

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DO AUTOR

IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE GERAL
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com