A A r

O Lambe-lambe

Valmir Simões

 

Acredito que nos dias de hoje seja uma profissão em extinção, mas, antigamente, na nossa querida Itiúba, ali bem pertinho, na praça da igreja, era comum a presença dessa figura tão popular na época. Popularmente esse profissional era conhecido como: Lambe-Lambe, Bufete, Ventania e Mão-no-saco.

Na época, nas fotos para documentos oficiais, obrigatoriamente teria que constar a data e isso era feito colocando-se uma plaquinha de papel com esses dados que era colada na negativa da foto e o fotógrafo era obrigado a passá-lo na língua para criar aderência, daí o nome Lambe-Lambe.

Ventania em razão de o serviço ser executado em área livre, exposto ao tempo.

Bufete: porque ao tempo em que o fotógrafo ficava revelando com o braço e a mão enfiados na câmera através de um meião de futebol, o cliente ficava sentado em um banco na posição de quem iria receber um soco, daí a origem do nome.

Porque todo o procedimento de operação e revelação no antigo equipamento era feito através de sacos de pano ou meiões surgiu o apelidado de Mão-no-saco.

Eram fotos de qualidade inferior e que com o tempo começavam a desbotar. Naquele tempo estas geringonças só revelavam fotos em preto e branco

e eram compostas de caixa de madeira, lentes, grandes tripés de madeira e o tradicional guarda-chuva para proteger todo o aparato. Ao final do dia o fotógrafo fechava o tripé que era parafusado na própria máquina e carregava tudo nos ombros. Era um verdadeiro trambolho.

SOBRE PROFISSÕES E PROFISSIONAIS LEIA TAMBÉM (Clique nos links abaixo):

- O Pintor Ludugério
- O Engraxate Boca-Rica
- "Seu" Acelino, o Marceneiro
- A Obra do Mestre Sapateiro
- O Garimpeiro Itiubense
- O Joãosinho e sua Alfaiataria
- O Amolador de Tesouras
- O Zé do Quebra-Queixo
- Os Vendedores de Ouro
- Os Sapateiros
- Os Fogueteiros
- Os Garis
- Os Ferreiros
- Os Médicos
- Os Velhos Motoristas

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE GERAL
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com