A A r

Programas da Rádio Cultural

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

No auge da Rádio Cultural foram criados alguns programas de auditório, entre eles "A Hora da Criança" e "Desfile de Calouros", onde cada um mostrava suas habilidades.

No programa "A Hora da Criança", animado pela Hildete Rodrigues, eu, com os meus 10anos de idade, em 1947, participei várias vezes, cantando a mesma música "Tem Gato na Tuba" que tinha um animado refrão que dizia: "pom, pom, pom, miau!!!", repetido várias vezes pelo auditório e como issso animava o programa, quando eu não comparecia a animadora mandava me buscar em casa.

No programa "Desfile de Calouros", animado pelo Sandoval Manciola, além dos próprios iniciantes que quando erravam recebiam como castigo uma cesta que caia emborcada cobrindo sua cabeça, também cantavam os mais experientes que não precisavam passar por nenhuma prova, como o Edvaldo Pinto que cantava músicas de Vicente Celestino, o Adilson Ramiro cantando músicas de Nelson Gonçalves, o João, irmão do Zé Domingos, cantando as músicas do Bob Nelson, o Nino Pires cantando músicas de serestas, o Vadinho do Deocleciano Brandão cantando boleros e a maior atração que era o Ioiô dos Cambecas que, com uma técnica aperfeiçoada por ele próprio, utilizando-se dos dedos das mãos comprimindo a língua, produzia os mais variados sons, imitando o canto de quase todos os pássaros da região. Bastava o auditório pedir e ele prontamente imitava o canto da ave solicitada. E se isto não bastasse para o exigente auditório ele ainda improvisava com uma tampinha metálica de garrafa dobrada e furada no meio, para emitir sons imitando o rincho dos cavalos, o ronco dos porcos, a fala do papagaio e o apito dos trens. É mole? Fica fácil perceber e nem precisava dizer que o moço ganhava todos os prêmios do programa toda semana.

SOBRE A RÁDIO CULTURAL LEIA TAMBÉM (Clique nos links abaixo):

- A RÁDIO CULTURAL (pág.04) - Fernando P. de Carvalho )
- O LOCUTOR GARBOSO (pág.32) - Hugo Pinto de Carvalho
- UMA NOITE NA RÁDIO CULTURAL (pág.86) - Fernando P. de Cavalho
-
A ESTAÇÃO E A MALA MISTERIOSA (pág.33) - Fernando P. de Carvalho
-
O SANDOVAL E O GRITO DA GALINHA (pág.46) - Fernando P. de Carva
lho)
- O LOUCO CACIANO (pág.20) - Fernando P. de Carvalho
- O SERVIÇO DE ALTO-FALANTES (pág.183) - Humberto Pinto de Carvalho
- DONA JOSEFA, REPÓRTER (pág. 184) - Ivan de Carvalho

 

 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com