A A r

As Carroças

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

Por muitos anos as carroças puxadas a burro faziam todo tipo de carretos e transportes no município, até mesmo mudanças. As primeiras que surgiram ainda eram equipadas com rodas de madeira semelhantes às dos carros de bois, protegidas por um aro de aço cujo peso comprometia sua capacidade de carga obrigando o carroceiro conduzi-la sempre a pé para não sobrecarregar o animal. Somente anos depois surgiram as primeiras carroças adaptadas com rodas de pneus de carros , mais leves portanto, que permetiam até o carroceiro pegar carona mesmo carregadas.

Foram muitos os carroceiros que a cidade teve, porém, os mais procurados e mais conhecidos foram o Flori, o Satu e o Berega.  

Uma curiosidade é que em Itiúba era exlusivo o uso de "burros" um híbrido resultante do cruzamento do cavalo com a jumenta ou do jumento com a égua que, segundo os entendidos, eram muitos mais fortes que os outros animais. Por isto, cavalo em Itiúba podia até se orgulhar e dizer que puxar carroças era coisa para os "burros"... 

.

 

 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com