A A r

O Tocador de Realejo

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

Festas com orquestra e sanfona todo mundo conhece. Porém, ao som de realejo de boca, acredito que só em Itiúba tenha acontecido.

O caso ocorreu pela primeira vez na época dos festejos de São João, quando faltou músicos para animar os inúmeros bailes que eram promovidos nos bairros da cidade. O autor da façanha foi o Ramiro, mais conhecido como "Gato", que não se conformando  que a Rua do Fato, onde morava, ficasse sem homenagear o Santo do Carneirinho, promoveu um inusitado forró tocando a noite toda seu pequeno realejo de boca, acompanhado apenas por um pandeirista. Contam que a novidade foi um sucesso e a "Banda do gato", depois disto, passou a ser procurada até para animar festas de casamentos na roça..

HAJA BICO...  


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com