A A r

O Inimigo da Onça

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

 

 
 

Ao contrário do célebre personagem do cartunista Péricles da antiga revista "O Cruzeiro", o fazendeiro itiubense Pedro Cajá não era amigo da onça.

Por muitos anos tendo tendo prejuízos com suas ovelhas, devoradas por onças suçuaranas, um dia o moço resolveu dar um basta na situação.

Sozinho e engenhosamente, preparou as mais diversas e perigosas armadilhas, usando suas próprias ovelhas como isca, para capturar os terríveis felídeos que habitavam suas terras.

Logo sua idéia começou a funcionar  e, com a venda de carne e peles das onças capturadas, o fazendeiro ressarcia-se dos prejuízos causados pelas mesmas.

Porém, quando capturou vivo um belo e grande exemplar da espécie, ele viu ali mais uma nova fonte de renda e, colocando o animal em uma jaula, começou a exibi-lo em feiras-livres da cidade e povoados, cobrando daqueles que desejassem vê-lo.  

 
 
                                                                    
 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com