A A r

A Volta do Pangaré

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

 

 

O Sr Antônio de Castro, comerciante e fazendeiro em Itiúba, possuía um velho cavalo da raça "pangaré", o qual, por motivo de sua avançada idade, já não era utilizado para nada e vivia solto pelas ruas da cidade tornando-se bastante conhecido pela população que lhe dera o apelido de "Polidoro".
 
Um dia, porém, quando um grupo de ciganos passou negociando e fazendo trocas de animais, o Sr Antônio de Castro resolveu trocá-lo por outro cavalo mais novo que lhe tivesse mais serventia e assim o velho Polidoro partiu com as tropas dos andarilhos.
 
Passados dois anos, quando ninguém se lembrava mais dele, inclusive seu ex-dono, o velho pangaré apareceu novamente de volta à  cidade sozinho e sem nenhum arreios, para surpresa de todo mundo. A especulação era de que o animal havia fugido de seus novos proprietários, porém, houve quem opinasse que ele teria sido mesmo abandonado. 
 
Não se descobriu a verdade e o Polidoro parecia que não estava nem aí para os boatos, pois continuou perambulando tranquilo por muito tempo pelas ruas.

 

 

 
 

  Veja e/ou guarde 7 lindos PPS com fotos
de Itiúba, clicando no link abaixo:

http://www.4shared.com/dir/3005946/98f59b92/PPS_de_Itiuba.html                            

                                      
 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com