A A r

Vendedores de Bugigangas

Valmir Simões

 

 

 

 

 

 

Em tempos passados, na feira de Itiúba, era costume se ver tipos um tanto engraçados, vendendo de tudo, na defesa do pão de cada dia. Tenho lembrança de um que trazia amarrado na cintura uma corda de caroá e nessa corda tinha colher de pau, abanador de palha, uma penca de apitos (chamadores de pássaros) feitos de madeira, pavios de algodão, candeeiros de zinco, funil, coadores de pano para café. Nas costas trazia outra corda com várias esteiras de palha enroladas, nas mãos vassouras rústicas de palha, na cabeça vários chapéus de palha uns sobre os outros, e em um dos braços um monte de rosários de ouricuri seco, que na verdade era o que eu quando crianca mais apreciava, apesar da falta de higiene, do suor de seus bracos e da poeira, não afetava o sabor daqueles tão apreciados coquinhos.

 

 

 

 

 
 

  Veja e/ou guarde 7 lindos PPS com fotos
de Itiúba, clicando no link abaixo:

http://www.4shared.com/dir/3005946/98f59b92/PPS_de_Itiuba.html                            

                                      
 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com