A A r

A Nossa Culinária

Valmir Simões

 

 

 

 

 

 
Antigamente era comum ir até a feira livre, aos sábados, em nossa querida Itiúba, e encontrar todo tipo de caça moqueada exposta para a venda e é claro que naquela época nem se falava em IBAMA. Tatus, pacas, mocós e preás eram as caças mais procuradas para o almoço do domingo. A nossa alimentação durante a semana seguia mais ou menos um padrão: carne do sol com farofa d'água, galinha de molho pardo, carneiro, bode, sarapatel, pirão com fatada fresca de boi, porco assado e meninico de carneiro (buchada) que era sempre uma comida forte e bem temperada. Aos domingos sempre pintava uma novidade como as que enumeramos e mais a tradicional "cagada" que era um ensopado de cágado com leite de ouricuri.


 

 

 

                          

                                      
 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com