A A r

Tanque da Nação

Valmir Simões

 

 

 

 

 

 

Faz parte dos cartões postais de nossa cidade e é uma referência de localização. Por que este nome? Até hoje desconheço a sua origem. Quando eu ainda era garoto residia junto a casa da família do Sinhozão e pelo seu enorme quintal passava uma vala profunda onde, em época de chuva, toda a água que descia da serra e do lado do Calumbí escoava e tinha como local de deságue exatamente o Tanque da Nação. Essa vala era coberta em toda a parte que dava para a rua até junto ao muro do tanque. O sangradouro do tanque desaguava em um córrego, também coberto, que passava em frente a usina do motor da luz. De 1964 para cá muita coisa mudou e a sua história eu só sei contar até aquela data, pois foi quando me ausentei dessa terra.

 

                          

                                      
 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com