A A r

As Bicicletas do Espirro

Egnaldo Paixão

 

 

 

 

 

 

 

Nítida memória
guarda a história
de minha infância

clara e precisa
como um córrego
que desliza...

Por que guardamos
tantos momentos
e não os contamos?

Tantos amigos. Quantos?
Eu já não os lembro
pois foram tantos.

Mas, e o Espirro?
Como esquecê-lo
se em mim está vivo?

Sua imagem petrificou
de ser em campo
bom jogador...

É que o nosso atleta
sem necessidade
só ia à campo dar bicicleta.

 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com