A A r

Vaqueiro e Trovador

Egnaldo Paixão

 

 

 

 

 

 

Pedro ele é e foi pedra
arreio e luar.

Sela
e cancela

caminho
e caminhar.

Pedro ele é foi pedra
foi vaqueiro

biongo
e terreiro

lua e luar.

Pedro ele é e foi assombração
boi e boiada

foi facão gibão e espada.

Pedro ele é e foi mourão foi ventania
curral e varzinha

foi horizonte e lagedo
cavalo e medo

seca e aguaceiro.

Pedro é vaqueiro
(como ele se dizia, desde menino
sem nunca perder o tino)
conhecido Piroca filho do velho Lino,
que também foi vaqueiro
vaqueiro desde menino.)

Perdeu costela
perdeu ombro e omoplata
perdeu perna e joelho
perdeu a vida quase
muitas vezes.
na caatinga correndo com a rês.

Pedro coragem hoje com cem anos
poeta trovador rezador repentista
vaqueiro desde menino
Piroca do Lino

Itiúba não terá outro,
não terá mesmo.

 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com