A A r

Rendição

Egnaldo Paixão

 

 

 

 

 

Em minha cidade pequena

morrem de tédio aos domingos

os que não vão às igrejas

ou freqüentam bares.

 

As casas desconfiam

dos que moram ao lado

ou passam. E trancam-se

com um jeito indiferente

de metrópoles.

 

A televisão ensina e distribui

pensamentos massificados.

Moda medo namoros e negócios.

 

Mas naquele domingo

a cidade ficou cedo embandeira,

frenética, desordenada.

 

Palestra de alguém famoso?

Partida importante de futebol?

movimento de cultura?

 

Nada. A cidade se encheu de motociclistas

para exibições no ar e no chão

do limite da moto, da morte e do corpo.

 

E eu compreendi, oh! insensatez,

que Itiúba também se rendeu à máquina e à estupidez.

 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com