A A r

A Bomba na Lata

Antônio Ricardo da Silva Benevides

 

 

 

 

 

A maioria da garotada da Praça 3 de Outubro, hoje Praça do Vaqueiro, ficava ansiosa para a chegada do mês de Junho, pois, durante as festas de Santo Antônio, São João e São Pedro, aconteciam as fogueiras repletas de frutas variadas e nas suas extremidades uma caixa de segredo. Enquanto os adultos aguardavam a queimada daquelas árvores gigantes, a meninada se divertia colocando bombas embaixo de pequenas latas vazias de leite em pó e a sua grande atração era vê-las totalmente retorcidas pelo impacto das bombas, adquiridas no armazém do seu João de Castro, que não parava de enaltecer os seus produtos da marca Adrianinos. 

 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com