A A r

Coreto Antigo

Egnaldo Paixão

 

 

 

 

 

Itiúba tinha um Coreto

no largo da Matriz.

 

Duas bandas,

8 de dezembro e 2 de julho

não tocavam em dueto

mas animavam a praça

uma após outra.

 

Como as duas ali

não podiam brigar,

porque a Virgem

mandou fazer o Coreto

para uma e outra,

 

acabada a festa

começava outra

de pirraça e cachaça

entre os coronéis

e os músicos.

 


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com