A A r

O Parto e o Berço

Egnaldo Paixão

 

 

 

 

 

 

 

 

Itiúba nasceu num lugar bem alto

e cresceu num vale.

 

O parto foi feito no topo

mas o berço embaixo.

 

Se a tivessem deixado no alto,

a vida dos seus habitantes seria outra.

 

Alguns desceriam o vale

Apenas para erguer fazendas de café e gado.

 

A grande massa ficaria no cume

protegida por São Gonçalo

 

e pelas frutas que caem basta

que o vento as toquem.

 

Suponho que só alguns anos depois,

quando a parte plana em cima

 

ficasse pequena para tanta gente,

poderia ocorrer um fenômeno

 

que não acontece nunca:

a cidade descer se construindo.

 

Mas, só se não tivesse jeito,

porque de quebra lá em cima se tem

 

a Laje do Céu que dá para um grande abismo.

Alguns para não descer talvez preferissem morrer no paraíso.


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com