A A r

A Cidade das Bicas

Valmir Simões

 

 

 

 

 

 

No meu tempo em Itiúba era assim, hoje não sei, pois a cidade passou por mudanças administrativas e um filho de Deus lembrou de providenciar água encanada para a sofrida localidade. Ainda moleque, ficava a observar o que faz a falta d’agua. Era rara a casa que não tinha uma bica para o tanque ou um simples tonel a espera do precioso líquido. Em razão da escassez de água, as pessoas sabiam economizar. Nos dias de hoje acho que não é mais assim e o desperdício campeia. Não importa que seja água encanada, o gasto exagerado dói no bolso e prejudica a natrueza. Corremos o risco das futuras gerações terem enormes dificuldades no abastecimento de água em seus lares. Será o fim do mundo.


Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com