A A r

O Jogador Clebson e o Santo Amaro

Fernando Pinto de Carvalho

 

 

 

 

Conheco há muito tempo o seu pai, porém, ele eu não cheguei a conhecê-lo. Isso, contudo, não é motivo para não escrever alguma coisa sobre esse itiubense que, ao se destacar na sua profissão, elevou o nome de Itiúba, onde nasceu. Falo do jogador Clebson que atuou no Bahia e no Vasco da Gama do Rio de Janeiro e, certamente, iria mais longe se um acidente de carro, ocorrido em 22/06/2001, não houvesse interrompido a sua trajetória.

 

Nascido em 04/09/78, ele fez teste para as divisões de base do Bahia em 1992, quando tinha apenas 14 anos de idade e permaneceu no clube onde chegou ao time principal e lá se destacou, despertando os dirigentes do Vasco da Gama que conseguiram a sua transferência por empréstimo. No time carioca continuou com boas apresentações e ajudou o clube a conquistar títulos, entre eles a Copa Mercosul e a Copa João Havelange.

 

O Santo Amaro, seu pai, que ainda mora em Itiúba, foi um grande craque da seleção de futebol de Itiúba na década de 60. Eu assisti muitos jogos da nossa seleção que contava com craques como o próprio Santo Amaro, o Antônio Simões, o Boca e o Zuca

 

 

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com