Waldick Soriano em Itiúba

Fernando Pinto de Carvalho

 

 

 

Li, na internet, a notícia sobre a morte, ocorrida hoje (04/09/2008), do cantor e compositor Waldick Soriano e lembrei-me, então, da grande aceitação das músicas dele em Itiúba. O primeiro disco gravado por ele era um 78 rpm que tinha no lado A a música “Quem és Tu” e no B “Só Você”, dois bolerões bonitos, no melhor estilo “Waldick”. Esse disco chegou à Rádio Cultural de Itiúba por acaso e fez um enorme sucesso. O Onésimo Campos ia a Salvador e nós, locutores da Rádio, aproveitamos o pouco dinheiro que tínhamos e pedimos para ele comprar alguns discos, por nós selecionados, dos cantores Nelson Gonçalves, Vicente Celestino, Cauby Peixoto e outros. Quando os discos chegaram notamos que havia um de um tal Waldik Soriano (no começo o nome dele era escrito assim) do qual nunca havíamos ouvido falar. O Onésimo disse que o havia comprado por insistência do balconista da loja O disco, porém, foi o primeiro sucesso do cantor que logo foi seguido por muitos outros, como: Amor de Vênus, Fujo de Ti, Tortura de Amor, Quem é Você, Vestida de Branco, Foi Deus, Pobre do Pobre, Justiça de Deus e a famosa Eu não sou Cachorro não.

Pelo menos duas vezes o empresário dele acertou datas com o Bertinho para apresentações no palco do Cine-Itiúba e todas foram canceladas no dia porque ele se apresentava antes na vizinha cidade de Queimadas e lá entrava na farra depois dos shows e desistia de ir a Itiúba. Coisas do Waldick...




Veja Itiúba no YouTube: http://br.youtube.com/watch?v=9PccnmWI3H4



IR PARA O ÍNDICE DAS CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com