Tamancos e Galochas

Valmir Simões

 

 

 

Antigamente a nossa velha e querida Itiúba era uma cidade muito carente em infra-estrutura. Quem foi daquela época sabe muito bem como era o nosso torrão.
Poucas ruas tinham calçamento com paralelos, outras eram calçadas com pedras arredondadas, conhecidas como “Cabeça de Negro”, um tipo de calçamento muito antigo, como os encontrados em antigas ruas da nossa capital, como por exemplo, no Pelourinho. Em algumas ruas os esgotos corriam a céu aberto, onde era comprometida a saúde de seus moradores.
Na época das chuvas essas ruas ficavam escorregadias e com muita lama, obrigando as pessoas a usarem certos tipos de calçados próprios para essas ocasiões. Os tamancos eram confeccionados com madeira leve e couro e as galochas, em borracha na cor preta, serviam para proteger, pois encobriam os sapatos livrando-os da chuva, lama e umidade. Nos dias atuais não acredito que em época de chuva sejam necessários o uso desses tipos de calçados, afinal de contas, são outros tempos.



 



IR PARA O ÍNDICE DAS CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com