Itiúba e as Copas do Mundo

Fernando Pinto de Carvalho

 

 

 

Tenho algumas lembranças das Copas do Mundo acompanhadas em Itiúba, a partir da realizada em 1958, quando eu tinha 16 anos de idade. Certamente eu devo ter ouvido as transmissões de alguns jogos de Copas anteriores, mas, não dei importância. Talvez estivesse, na época, preocupado com coisas mais interessantes para a minha idade.

A Copa do Mundo de 1958 foi a sexta disputada e dela participaram 16 países. Ela foi marcada pela estréia de Pelé e pela primeira conquista do desejado título pelo Brasil. Naquele tempo não havia transmissão dos jogos pela TV e acompanhávamos tudo pelo rádio, em ondas curtas. Somente quem possuía rádio à pilha podia ouvir as transmissões diurnas, pois só havia energia elétrica à noite. Isso fazia com que as casas dos felizes proprietários do almejado aparelho ficassem cheias de torcedores. A casa do meu irmão Bertinho era uma delas e foi lá que acompanhei alguns jogos, como Brasil x União Soviética com magnífica atuação de Garrincha que estreava em jogos de Copa do Mundo. Lembro-me que quando anunciaram o nome dele o Bertinho perguntou ao Adilson Ramiro a opinião dele sobre o jogador e ele fez um gesto movendo a mão para a frente e balançando-a para um lado e para o outro, querendo dizer que ninguém poderia impedi-lo de avançar em direção ao gol adversário e foi exatamente isso o que aconteceu, a partir daquele momento, com ele avançando, driblando e passando a bola para Vavá marcar gols. Na partida final o Brasil tornou-se Campeão jogando contra a seleção anfitriã da Suécia, quando aplicou uma goleada de 5x2.

A Copa do Mundo de 1962, também acompanhada pelo rádio, aconteceu no Chile e o Brasil foi Bi-Campeão graças ao Garrincha, na ausência do Pelé que, no segundo jogo, contra a Tchecoslováquia, contundiu-se e não voltou a jogar naquela Copa do Mundo. Na partida final o Brasil fez 3x1 na mesma Tchecoslováquia, conseguindo escalar Garrincha mesmo havendo sido expulso na partida anterior.

A Copa do Mundo de 1966 foi realizada na Inglaterra e o Brasil não se saiu bem. Fez apenas 3 jogos ganhando um e perdendo 2, ficando em 11º lugar entre os 16 times que a disputaram. Não temos o que comentar dessa Copa.

A Copa do Mundo de 1970, no México, já foi transmitida pela TV e nos dias dos jogos do Brasil íamos a vizinha cidade de Senhor do Bonfim para assisti-los, pois Itiúba ainda não captava os sinais televisivos. Lá íamos para as casas de conhecidos ou de parentes de amigos e todas estavam sempre cheias de torcedores, pois ainda havia poucos aparelhos na cidade. Foi a 4ª e última Copa do Mundo de Pelé e aquela que proporcionou ao Brasil o direito de ficar permanentemente com a Taça Jules Rimet que foi roubada em 1983 e nunca foi recuperada. Foi a última Copa que acompanhei na Boa-Terra, pois no ano seguinte vim para Salvador, onde estou até hoje.




 



IR PARA O ÍNDICE DAS CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com