A Personalidade da Cidade

Fernando Pinto de Carvalho

 

 

 

As pessoas têm personalidades que as tornam únicas, ou seja, cada indivíduo é diferente do outro não só fisicamente como, também, na sua conduta e na maneira de enfrentar diferentes situações. A maneira habitual de ser distingue um indivíduo do outro. Eu sempre achei que as empresas, as cidades e os países tinham personalidades próprias também. A Sociologia chama isso de personalidade de base que é a configuração psicológica própria dos membros de uma determinada sociedade e que se manifesta por um certo estilo de vida. Pensando assim, certa vez arrisquei falar alguma coisa sobre a personalidade de minha terra natal Itiúba. Claro que falava da Itiúba do meu tempo, pois já não moro mais lá há muitos anos. Claro, também, que se tratava de uma brincadeira, pois não tenho conhecimentos para traçar perfil psicológico de ninguém e, muito menos, de uma cidade. Mesmo assim, peço permissão para transcrever algumas coisas que escrevi na ocasião.

As características principais de uma personalidade são cognitivas, afetivas, volitivas e físicas. Características “cognitivas” são os processos mentais usados no pensamento, na percepção, na classificação, no reconhecimento, etc. Pois bem, Itiúba sempre percebeu e valorizou as pessoas honestas e trabalhadoras, reconhecendo os serviços prestados por elas para o progresso da comunidade, mesmo quando essas pessoas vieram de outras cidades. Por outro lado, sempre condenou aqueles que desrespeitaram as leis e as normas de conduta estabelecidas.

Segundo os dicionários “afetividade” é o conjunto de fenômenos psíquicos que se manifestam sob a forma de emoções, sentimentos e paixões, acompanhados sempre da impressão de dor ou prazer, de satisfação ou insatisfação, de agrado ou desagrado, de alegria ou tristeza. Itiúba é muito afetiva e muito amada pelos seus filhos. Os filhos da terra que, por necessidades, de lá saíram nunca a esquecem e sempre estão voltando depois que se aposentam. Pessoas de outras cidades, que lá moraram por algum tempo, falam da cidade como se fosse sua própria terra natal. Itiúba é uma cidade alegre com festas bonitas e espontâneas como a comemoração do 8 de Dezembro dia da Padroeira da cidade, como as festas juninas com suas quadrilhas, fogueiras e guerra de espadas, como o carnaval alegre nos clubes e nas ruas, etc.

A “volição” refere-se ao “ato pelo qual a vontade se determina a alguma coisa”. Foi pela volição de homens como Belarmino Pinto, Aristides Simões, Pombinho Pinto e outros que Itiúba se desmembrou de Queimadas em 1935 e se tornou município. A volição fez com que, em 1936, o Sr. Manoel Pinto Primo instalasse na cidade o cinema mudo, em prédio próprio, construído com base numa planta projetada para atender as exigências dos espectadores de teatro e cinema e que batizou de Cine Teatro Ideal. Antes disso ele já havia dotado parte da cidade de energia elétrica com recursos próprios. Foi a volição que fez o Coronel Aristides Simões não aceitar a chantagem de Lampião e responder o bilhete do terrível bandoleiro dizendo para ele vir pegar o dinheiro pessoalmente, que a cidade estava preparada para expulsá-lo de lá. Foi a volição que fez com que jovens fossem estudar na capital do Estado para se tornarem engenheiros, médicos ou Advogados. Essa característica da personalidade também fez com que moradores da cidade conseguissem obras, como a construção do Açude de Camandaroba, que tantos benefícios trouxeram para a comunidade.

Na área “física” , Itiúba sempre se distinguiu pela sua beleza entre montanhas que a tornam uma cidade serrana em pleno nordeste do Brasil.

Até nessas poucas linhas que aqui escrevi revela-se em mim um traço da personalidade da cidade que é o otimismo, a valorização das pessoas, do lado bom dos fatos e dos acontecimentos, mostrando que as personalidades das pessoas formam a personalidade da cidade e que a personalidade da cidade está na de seus moradores. Raul Seixas, na sua canção Gita, acredito que se referindo a Deus, diz “... Eu estou em você mas você não está em Mim”. Neste caso aqui eu acho que a personalidade de Itiúba está em nós e a nossa está na dela.

 




 



IR PARA O ÍNDICE DAS CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com