A ESCOLA GÓES CALMON I

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

Como as demais crianças que nasceram e foram criadas em Itiúba naquela época, estudei e fiz o curso primário na Escola Góes Calmon, que foi uma das melhores coisas que aconteceram para a minha formação e de toda garotada, acredito. Ainda tive o privilégio de ser aluno da professora Lígia Lemos de Carvalho nos terceiro, quarto e quinto anos seguidos.


Ainda me lembro que, para desenvolver a mentalidade (não muito evoluída, é bom que se diga) da meninada, às quartas-feiras D. Lígia lia, pacientemente, para toda turma, algumas páginas de livros famosos como Dom Quixote de La Mancha, de Cervantes e até da Ilíada e da Odisseia, de Homero, entre outros, e sempre incentivava para que os alunos fizessem uso do expediente, o que não era muito explorado pois a turma ficava meio encabulada diante da plateia. Eu, de minha parte, andei dando umas “caprichadas” nas páginas que contavam as peripécias do Cavaleiro Errante e seu fiel escudeiro Sancho Pança.

Lembro, também, dos “cobras” que se destacavam em nossa sala e em outras. Em desenho, por exemplo, ninguém superava o Idelson Carneiro. Já em poesia a supremacia absoluta era do Ivan Lemos.

Já se vão mais de 50 anos, mas como são coisas que marcaram, lembro-me de um episódio ocorrido com o meu irmão Herbinho que, mesmo depois de devidamente paramentado com farda e sapatos novinhos e um monte de livros, recusou-se ir à escola sozinho quando completou sete anos de idade, já que eu não podia ir também porque tinha somente seis, preferindo esperar por mim no ano seguinte. Os nossos pais acabaram concordando e, aí sim, fizemos uma parceria inesquecível do primeiro ao quinto ano (companheirismo a toda prova).

 

SOBRE AS ESCOLAS DE ITIÚBA LEIA TAMBÉM:

- A ESCOLA GOES CALMON II (pág.74) - Ivan de Carvalho
- ESCOLA GOES CALMON III (pág.141) - Valmir Simões
- A ESCOLA DE DATILOGRAFIA (pág.111) - Valmir Simões
- A PROVA DOS NOVES (pág. 99) - Valmir Simões
- O SÁBIO QUITU (pág.80) - Ivan de Carvalho
- A ESCOLA GOES CALMON IV

IR PARA O ÍNDICE DAS CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

Veja a próxima crônica

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com