O Berrante

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

Todo mundo conhece o berrante, aquele instrumento feito de chifres do boi que o vaqueiro sopra criando um som grave e forte para guiar as grandes boiadas em seu caminho.

Porém, talvez alguns não saibam, é que na Itiúba dos velhos tempos o uso deste folclórico instrumento rudimentar foi desviado de sua verdadeira função para se incorporar a uma brincadeira local chamada de “Serra Velha”, que consistia em agrupamento de várias pessoas que se encarregavam de promover aconselhamentos aos casais amancebados da cidade nas noites de Sábado de Aleluia.

A finalidade do berrante na brincadeira era de anunciar o “ritual” que, na verdade, não deixava de ser meio perversa, pois o pobre casal tinha que ouvir uma série de ladainhas  e até gozações,  e o pior, nem podiam protestar, pois suas portas e janelas eram travadas com ferros e arames enquanto perdurava a brincadeira.

 

 

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com