AS DUAS PAIXÕES DO MUNDINHO SURDO

Fernando Pinto de Carvalho

 

 

O futebol de Itiúba deve muito a esse abnegado filho da terra que, até com sacrifícios financeiros e de relacionamentos pessoais, muito contribuiu para o seu engrandecimento.


Gastava boa parte do dinheiro recebido da sua pequena aposentadoria na compra de material esportivo para os jogadores do time onde ele era técnico, treinador, massagista, diretor e mais algumas coisas. Pagava até passagens e hospedagem de “craques” de cidades vizinhas para participarem de jogos da seleção itiubense.

Diziam que sua esposa chegava a fazer aquela célebre ameaça: “- Ou a paixão pelo futebol ou eu...”. Mas ele conseguia sempre sair-se bem ficando com as duas paixões: a mulher e jogo de bola

Não era surdo, mas tinha sérios problemas de audição e daí surgiu o seu apelido.
A cidade prestou-lhe uma justa homenagem colocando o seu nome verdadeiro, Raimundo Araújo, no estádio de futebol local.

 

SOBRE O FUTEBOL DE ITIÚBA LEIA TAMBÉM:

- O TIME DE FUTEBOL QUE NÃO PODIA PERDER (08) - Fernando P. de Carvalho
- O ARMANDO DO JOÃO DO RIO (pág. 79) - Fernando P. de Carvalho

IR PARA O ÍNDICE DAS CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Veja a próxima crônica

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho

fpcarvalho@globo.com