Precursores dos hotéis

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

As três primeiras Pensões da cidade, quase criadas simultaneamente, foram a do Sr. João do Rio – pai do Armando -, a de Dona Luiza – mãe do Solon e do João Carlos -, e  a de Dona Josefa Preta –, cuja pessoa é lembrada aqui no Site pelo Ivan Carvalho em sua crônica de número 20 -. Estrategicamente localizadas na antiga Rua Góes Calmon, bem pertinho da estação do trem, pois era o único meio de transporte da época que poderia trazer os tão desejados hóspedes para seus  estabelecimentos, funcionaram até a morte de seus proprietários.

Posteriormente, com o advento da construção do açude de Camandaroba, e a consequente chegada de grande número de técnicos e trabalhadores para a cidade, a partir dos anos de 1950 surgiram as Pensões de Dona Iaiá Simões, vizinha ao Clube 2 de Julho e a de Dona Teresa Soares, vizinha ao Bazar Popular do Valdo Pitanga, ambas na Avenida Getúlio Vargas.  E ainda a de Dona Lourdes do Baiano na Praça Nova, e a de Dona Marôta, vizinha ao tradicional Sobrado do Coronel Belarmino Pinto. Pelos bons serviços prestados, aqui vai o registro e homenagem àqueles que foram de fato, e de direito, os precursores dos Hotéis e Pousadas em nossa cidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com