Criador de Malucos

Antônio Ricardo da Silva Benevides

 

 

Como diz o ditado popular, cada doido com sua mania. Joel Alves, também conhecido como Joelzinho e para os íntimos Joelinho, sempre foi um amigo dos pobres, nunca negou ajuda aos mais desfavorecidos, principalmente quando se tratava de documentação para auxilio doença e aposentadoria junto ao INSS.
Acontece que Joelinho, gosta de doido, não foi a toa que cuidou e empregou o seu Cícero, que foi aguadeiro, engraxate e o maior e melhor tocador de pífano que Itiúba já teve nos anos 50 . Joel também fez o mesmo com o Santo Antonio nos anos 60, aquele que tomou um tiro no ouvido e após o incidente, vivia bradando pela cidade com a seguinte frase: “só quero ver o papoco”! Ultimamente Joel está cuidando do Luizinho um rapaz trabalhador e bom de recado.
E assim Joel ainda vive servindo ao próximo e se divertindo com os malucos beleza.

 

 

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com