O Trem Pagador

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

Até a década de 1950, todos os funcionários ativos e inativos da velha estrada de ferro, entre as cidades de Alagoinhas e Juazeiro, recebiam seus salários através do conhecido “Trem Pagador” que parava tranquilamente em todas as estações e ali mesmo efetuava os pagamentos, e logo seguia para a próxima parada. Como se sabe que eram milhares e milhares de funcionários no extenso percurso, pode-se imaginar o montante da dinheirama transportada sob a responsabilidade de apenas um tesoureiro e seu auxiliar.




 

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com