Velhos Tempos. Belos Dias

Valmir Simões

 

 

 

As belas recordações jamais serão esquecidas, os momentos que vivi, juntamente com meus amigos, na nossa terra mãe Itiúba. Brincamos e, às vezes, brigamos, ficamos de mal por instantes, mas nada verdadeiro. A idade bateu na nossa porta, ficamos adultos, deixamos a terra em que nascemos, procuramos outro ninho, casamos, somos pais e avós, vivenciamos nesta fase da vida, tudo o que nossos pais fizeram por nós e não éramos capazes de entender. Sou um saudosista, um amante da terra que me viu nascer e conviver com os meus amigos até os vinte anos de idade. Jovem sim, muito jovem, deixei o meu torrão e uma infinidade de boas lembranças. Hoje posso dizer que sinto saudades dos Velhos Tempos e dos Belos Dias.





 


 

 




 

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com