Caixa de Pancada

Valmir Simões

 

 

 

Às vezes fico imaginando como era o comportamento dos filhos daquela época e que os pais não davam moleza para que eles entrassem no eixo. Assim como os pais, os professores tinham “Carta Branca” para castigar. Palmatória, castigo do joelho, em pé com o rosto colado na parede, etc. Em casa, cocorote, surra de cinto, reio, cipó caboclo, amarrar no pé da mesa e outras coisinhas mais e que coisinhas! Menino virava caixa de pancada. As meninas eram tratadas de maneira totalmente diferente, a pão de ló, como se dizia antigamente, era mais dada as prendas domésticas e paparicada pelas mães, preparadas para ser uma dona de casa zelosa e cumpridora dos seus deveres junto ao futuro esposo. Era a criação daquele tempo.



 



 

 





 


 

 




 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com