MICROFONE DE CRISTAL

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

 

No velho e saudoso Serviço de Alto Falantes da Rádio Cultural de Itiúba, nas décadas de 40/60, apesar de já existir na época o microfone dinâmico, de som impecável, usava-se o microfone de cristal porque era muito mais barato. O resultado era que durante os dias quentes do verão, este aparelho de retransmissão de vozes até funcionava relativamente bem. Porém, quando chegava o inverno, ai a coisa pegava! Como as minúsculas partículas de cristal de seu mecanismo não vibravam satisfatoriamente em dias frios, em consequência as vozes dos abnegados locutores itiubenses (eu inclusive), eram totalmente modificadas chegando até ficar mais finas. Além de não ganharem nada por seus serviços, os moços ainda eram submetidos a tal vexame. É mole?

 


 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com