O CÃO E O RATO

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

 

Parecendo ter saído das fábulas do grego Esopo, um cachorrinho de raça peluda e olhos arregalados, de propriedade de um antigo coletor estadual da cidade, gostava a exemplo dos gatos, de caçar ratos também. Não os comia, mas parecia divertir-se bastante com sua presa indefesa. Sem dúvidas, uma raridade de cão com espírito de gato.

 


 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com