ALTO DO VINTÉM

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

 

Como a água potável em Itiúba sempre foi escassa, quando foi descoberta a Cacimba do Vintém, no sopé da serra do cruzeiro, logo surgiram ao seu redor as primeiras casas ainda de taipas e com coberturas de palhas de ouricurizeiro, e hoje é considerado um dos mais bonitos e populosos bairros da cidade, e com o orgulho de abrigar o primeiro Colégio Ginasial de Itiúba.

Uma peculiaridade, além das águas da velha cacimba, é que, por coincidência, todos os açougueiros que dominavam o mercado de carne do município, moravam no bairro e foram passando seu comércio de pai para filho.

Como meus avós paternos e mais quatro tios também moravam lá, eu andei e brinquei muito em suas ruas de chão batido onde existia um improvisado campo de futebol arrodeado de cajazeiras que além de dar sombra com seus galhos, até serviam de arquibancada para a gurizada.

Pesquisei mas não consegui descobrir qual a razão do nome da velha cacimba que deu origem ao título do bairro, a não ser que se refere a uma antiga moeda brasileira.

 

 

 


 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com