VIADUTO ESTREITO

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

 

O viaduto Lauro de Freitas, sobre a estrada de ferro ligando a Avenida Belarmino Pinto à Praça da Matriz, construído pela Viação Férrea Federal Leste Brasileiro ( V.F.F.L.B), na década de 1950, inegavelmente, além de embelezar a cidade, trouxe alguns benefícios para a população.

Porém, como quase toda obra pública, tem os seus defeitos que poderiam ter sido evitados, como por exemplo, sua pouca largura que só permite a passagem de apenas um carro de cada vez, seu piso que não suporta o tráfego de caminhões, e o mais grave, a falta de uma passagem separada para pedestres o que tem causado acidentes, alguns até fatais.

Não foi sem propósito portanto, que a oposição politica da época tenha feito fortes críticas ao então prefeito Belarmino Pinto quando, com seu prestígio, conseguiu a obra, mas não exigiu a correção dessas falhas.

 

 

 


 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com