BEIJÁ

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

 

Benjamin Cerqueira; este era o seu verdadeiro nome, e seu pai era o Sr. João Bitelo, da Fazenda Matinha. Porém, toda a população de Itiúbal só o conhecia mesmo era por seu apelido, BEIJÁ.

Com sua dificuldade para falar por causa de uma deformação na língua que só lhe permitia pronunciar as palavras pela metade e ainda trocando as letras, ele foi uma figura popularíssima na cidade. Até as crianças o conheciam. Com poucas habilidades para o trabalho e ainda analfabeto, ele se virava principalmente como carregador dos grandes e pesados baús dos mostruários dos representantes comerciais que visitavam o comércio local, vindos de Salvador pelos trens. Ele fazia do Bar Central do Carlos Pires seu ponto principal e era apaixonado pelo Esporte Clube Bahia. Por isso, não perdia uma transmissão dos jogos de seu time do coração pela Rádio Sociedade da Bahia. Realmente ele gostava de futebol, e até tentou ser goleiro nos times locais, mas desengonçado do jeito que era não teve chance alguma.

 

 

 

 

 

 

 

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com