LIXÃO DE MONTURO

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

 

Até a década de 1970 a Prefeitura não fazia coleta domiciliar de lixo, por isso todas as casas de Itiúba mantinham o seu “monturo particular” para acumular seus resíduos domésticos que, eventualmente, eram incinerados no próprio local gerando mais poluição.

É bem verdade que a Administração Municipal teve o “Tonho Véio” como gari por muitos anos com sua improvisada carroça cujas laterais ostentavam a sigla PM (Prefeitura Municipal), mas somente para recolher o lixo resultante da limpeza da Avenida Getúlio Vargas a principal da cidade, e onde sempre funcionou o alto comércio local.

 

 

 

 

 

 

 

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com