I

O PRIMEIRO CAMINHÃO DA CIDADE

Hugo Pinto de Carvalho

 

 

 

 

 

O primeiro caminhão da cidade, de procedência americana, foi apelidado de  “JAU” e adquirido em Recife em 1925 pelo coronel Belarmino Pinto, e a chegou a Itiúba de trem com seus componentes como motor, rodas e chassis separados e embalados em grandes caixotes de madeira, cabendo ao mecânico itiubense Djalma Valadares fazer a montagem e colocá-lo em funcionamento.

 Como o citado veículo ainda não era dotado de motor de arranque, para dar a partida era necessária uma peça metálica chamada manivela ou "manícula" que, acionada manualmente, fazia a ignição do mesmo. E como na época ainda não existiam postos de gasolina, o referido combustível vinha de Salvador pelo trem em latas de 20 litros acondicionadas em caixotes.

Por muitos anos o JAU foi utilizado para fazer o transporte da sacaria de milho, feijão, mamona e Ouricuri e pesados fardos de peles e couros dos depósitos do coronel Belarmino para a estação ferroviária, de onde eram exportados de trem para Salvador.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IR PARA O ÍNDICE DE CRÔNICAS DESTE AUTOR
IR PARA O ÍNDICE POR ASSUNTO
IR PARA O ÍNDICE POR AUTOR
IR PARA O ÍNDICE GERAL

 

Itiúba do meu Tempo - Fernando P. de Carvalho


fpcarvalho@globo.com